Os melhores jogos com representação assexual e arromântica

Embora os jogos com personagens e representações assexuais ou aromânticas sejam raros, aqui estão algumas boas opções para jogar durante este mês do Orgulho LGBT e além.

Boyfriend Dungeon - Os melhores jogos com representação assexual

Os melhores jogos com representação assexual e arromântica

Mês de junho, que sempre costuma ter diversas celebrações do Orgulho LGBTQIA+ trazendo festas e desfiles coloridos para as ruas do mundo! E também há muitos procurando ativamente games para jogar com personagens que se identificam como LGBTQIA+. Alguns procuram personagens para interpretar que tenham sua própria sexualidade ou gênero semelhante; enquanto outros simplesmente querem aproveitar a história do personagem como uma mudança refrescante para a maioria dos personagens de jogos.

Felizmente, esses personagens estão se tornando cada vez mais comuns com o passar do tempo! Então, agora existem muitos personagens que se identificam como gays ou bissexuais. No entanto, a presença de personagens assexuais e aromânticos confirmados – aqueles que não experimentam atração sexual ou romântica em vários graus – nos jogos ainda é bastante raro. Abaixo estão os cinco melhores jogos com representação assexual e arromântica. Muitos desses jogos estão disponíveis pela Epic Games e pela Steam.


The Outer Worlds retrata de forma realista a assexualidade com Parvati

The Outer World

Em primeiro lugar em nossa lista com melhores jogos com representação assexual e arromântico: The Outer Worlds. Parvati Holcomb é uma engenheira e uma personagem que pode acompanhar o jogador enquanto ele continua sua busca. Ela é assexual, uma característica compartilhada por sua desenvolvedora de personagens Kate Dollarhyde, que afirmou que a história de Parvati reflete suas próprias experiências na vida. Uma personagem muito simpática, prestativa e doce, Parvati discute abertamente sua assexualidade no jogo com o jogador. Ela também discute seus medos de confessar seus sentimentos românticos a outro personagem, descrevendo como ela foi ridicularizada e humilhada por sua sexualidade no passado.

O jogador trabalha com Parvati para ajudá-la a superar sua ansiedade e progredir em seu relacionamento enquanto se liga a ela e a apoia. Comentários negativos sobre sua sexualidade foram deliberadamente deixados de lado pelos desenvolvedores, um recurso pelo qual os jogadores aplaudiram o jogo. Parvati é um retrato fantasticamente escrito e realista de um personagem assexual navegando em relacionamentos românticos sem se sentir plano e unidimensional.

Personagem principal de Stardew Valley pode renunciar ao romance

Os melhores jogos com representação assexual

Embora não seja estritamente definido como assexual, o personagem do jogador em Stardew Valley pode optar por renunciar às opções românticas apresentadas no jogo. Além disso, pode optar por escolher Krobus the Monster Merchant para se tornar seu companheiro de quarto em vez de seu cônjuge. Krobus traz muitos dos mesmos benefícios que um cônjuge no jogo, mas sem um relacionamento romântico ou sexual. O jogador não pode ter filhos com Krobus, mas ele ajudará a criar os existentes de relacionamentos anteriores. Além disso, em vez de beijar o jogador, ele o abraçará de maneira amigável para restaurar a energia. Nenhuma cerimônia acontece e, em vez de divórcio, ele pode simplesmente ser despejado gratuitamente.

Krobus não fica com ciúmes se o jogador dá presentes para outros candidatos a casamento, mas ele também não faz as tarefas como um cônjuge normalmente faria. Em suma, é uma mudança refrescante ter a opção de não se casar, mas ainda obter a maioria dos benefícios de jogabilidade que vêm de se casar. Isso torna o Krobus uma escolha popular para jogadores que não querem se casar por qualquer motivo.

Personagem principal de Boyfriend Dungeon pode desistir de relacionamentos

Boyfriend Dungeon - Os melhores jogos com representação assexual

Boyfriend Dungeon continua sendo um ótimo exemplo de jogo inclusivo, pois leva em consideração uma enorme variedade de sexualidades e identidades durante sua jogabilidade. Os jogadores podem se tornar amigos e alcançar o nível máximo de amor com cada personagem sem ter que desenvolver seu relacionamento em um relacionamento romântico ou sexual. Também é possível focar apenas no romance.

Alternativamente, o jogador pode optar por sair de qualquer relacionamento e simplesmente optar por se relacionar com um gato adorável chamado Brass Knuckles, mantendo amizade com outros personagens. Novamente, isso dá aos jogadores a opção de se relacionar com um personagem e experimentar o jogo completo sem sentir a necessidade de embarcar em um relacionamento sexual ou romântico para fazê-lo. Combinado com o retrato do jogo de outros personagens LGBTQIA +, isso faz do Boyfriend Dungeon um ótimo jogo para considerar jogar.

Manami de A Year of Springs chega a um acordo com sua sexualidade

A Year of Springs

A Year of Springs é um jogo que conta as histórias entrelaçadas de Haru, Erika e Manami enquanto navegam pela sociedade e seus sentimentos enquanto visitam uma fonte termal. Enquanto a história de Haru gira em torno de ela ser trans e a de Erika é sobre ela abraçar sua atração por mulheres, a história de Manami envolve ela chegar a um acordo com sua assexualidade e como isso afeta suas amizades e relacionamento com o namorado, respectivamente. Bom, você pode jogar cada história individualmente! Entretanto, as três histórias são entrelaçadas de uma maneira tão fantástica que seria uma pena não experimentar as três juntas.

A série é adorada por muitos e ressoa com os jogadores pela maneira como aborda seus tópicos e as qualidades cativantes de seus personagens. Com belas artes e uma trilha sonora suave e relaxante, A Year of Springs é uma escolha fantástica para jogar neste mês do Orgulho LGBT.

Adrian Clarke, de Ace in Space, é assexual e não-binário

Os melhores jogos com representação assexual

É óbvio apenas pelo título que este jogo é amigável para assexuais. Adrian Clarke, também conhecido como Enby, é assexual e não-binário. O personagem foi encarregado de moldar a sociedade em um planeta distante conhecido como T-3R4, além de manter seu blog para manter as pessoas em casa atualizadas sobre seu progresso. O jogador tem cinco opções de romance – quatro robôs e um humano masculino – ou pode optar por não namorar ninguém. Todos os caminhos levam a finais completamente diferentes para Enby; e o tempo de jogo relativamente curto significa que os jogadores podem esperar ver todos os finais diferentes que Ace in Space tem a oferecer em um único dia.

Curiosamente, Enby também é diagnosticado com câncer. Isso é uma raridade nos personagens principais dos jogos, e a doença desempenha um grande papel no jogo como um todo. Uma lista completa de avisos de gatilho está disponível no site do jogo, juntamente com um guia de conquistas para quem estiver interessado em jogar.

Em conclusão, esses são os melhores jogos com representação assexual e arromântica. Diversidade e representação em videogames é um tópico muito discutido. Felizmente, mais desenvolvedores estão reconhecendo a necessidade de incluir personagens de todas as esferas da vida e origens. Ainda é incomum ver personagens assexuais e aromânticos em videogames, mas esperamos que o número aumente à medida que as vozes daqueles que querem ver esses personagens se tornem mais altas.

Leia também em nosso portal: 10 RPGs de mesa LGBTQ+ para jogar com os amigos e 10 Jogos substimados com personagens LGBTQ+

Goiana. Arqueóloga, focada em Educação Patrimonial. Redatora. Escritora. Apaixonada pela Cultura Brasileira e pela Cultura Geek. Cosplayer nas horas vagas gótica e gamer. Aqui no Meta Galáxia, colaboro com matérias sobre o universo geek: notícias, entrevistas com cosplayers, listas de filmes e animes, análises de animes e jogos, curiosidades e muito mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here